OI (OIBR3) e MRV (MRVE3) são destaques do mercado financeiro

OI (OIBR3) e MRV (MRVE3) são destaques do mercado financeiro

Um dos pontos positivos para os mercados financeiros foi a Oi (OIBR3), cujo conselheiro Roger Solé Rafols renunciou, segundo a reportagem.

Além disso, outro tema que afeta o mercado de ações hoje é a MRV (MRVE3), que anunciou ao mercado a venda de 2 empreendimentos localizados nos EUA.

Diretor da Oi renuncia

A Oi foi um dos destaques do mercado financeiro hoje, após informar o conselheiro Roger Solé Rafols sobre seu pedido de demissão. Como observado, os motivos que levaram à demissão do conselheiro estavam relacionados a questões pessoais. O pedido de Rafols foi feito nesta quinta-feira (30).

Na última quarta-feira (29), a Oi anunciou lucro líquido de R$ 1,78 bilhão para o primeiro trimestre de 2022. Esse valor se deve ao ajuste de sua receita financeira superior a R$ 4 bilhões. Quanto ao resultado operacional (excluindo impostos) antes das demonstrações financeiras, a empresa registrou prejuízo de R$ 369,3 milhões. No primeiro trimestre do ano passado, o valor foi de 237,2 milhões de reais.

Além disso, a receita operacional líquida da Oi no primeiro trimestre foi de R$ 4,41 bilhões, basicamente estável em relação aos R$ 4,45 bilhões no mesmo período do ano passado.

MRV anuncia venda de projeto de desenvolvimento nos EUA
Além da Oi, a MRV também se destaca no mercado atual, anunciando para o mercado e acionistas nesta quinta-feira (30) que concluiu no mesmo dia a venda do empreendimento Heritage Village e Seaport Grove, na Flórida. , Estados Unidos O valor geral das vendas foi de 195 milhões de reais, correspondendo a um lucro líquido de 121,7 milhões de dólares, ou um lucro bruto de 71,6 milhões de dólares.

Com esse valor, o cap rate é de 4,2%, enquanto a relação custo-benefício é de 6,7%. O preço de venda inclui um custo de projeto de R$ 123,4 milhões. A margem bruta foi de 37%.

Continua após a publicidade..

A MRV informou que, no mesmo dia, seu conselho de administração aprovou um novo programa de recompra de ações de sua própria emissão em reunião realizada. O programa de recompra é limitado a 6.082.426 ações ordinárias, representando aproximadamente 2% do total de ações em circulação da empresa.
Nesse caso, a meta pode ser o cancelamento, retenção permanente em tesouraria ou até mesmo para vendas posteriores. A empresa também está envolvida em negócios de derivativos com referência a ações emitidas pela empresa. Essas operações são válidas até 31 de dezembro de 2023.
Vale lembrar que a MRV possui atualmente 304.188.688 ações ordinárias em circulação.

Telefonica aprova 7ª emissão de bônus no valor de R$ 3,5 bilhões

Além da Oi e da MRV, foi aprovada a sétima tranche de bonds da Telefônica, no valor total de 3,5 bilhões de reais, o que chamou a atenção do mercado. A empresa notificou o mercado e os investidores nesta quinta-feira (30). A emissão é realizada em duas tranches com prazo de 3 anos, contados a partir da data de emissão da primeira tranche de títulos.
A data de vencimento da segunda série de títulos é de 5 anos após a data de emissão. A Telefónica explicou por um fato chave: “De acordo com os termos exigidos pela International Capital Market Association nos Princípios de Títulos Relacionados à Sustentabilidade, o título conterá um componente de sustentabilidade, o que permitirá classificá-lo como ‘relacionado à sustentabilidade’. 2018 junho. 2020″.

Por isso, Oi, MRV e Telefônica são um dos principais destaques do mercado financeiro atual para o SUNO Notícias, que relata diariamente os principais eventos que afetam a bolsa de valores.

Fontes: suno.com.br

Bussola ADM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *